Enquanto Uns Choram Outros Vendem Lenços – Um Lema de Vida

Enquanto Uns Choram Outros Vendem Lenços – Um Lema de Vida

Enquanto Uns Choram Outros Vendem Lenços um lema de vida

“Enquanto uns choram outros vendem lenços” é um lema dos vencedores.

É um princípio de quem não se acomoda diante das adversidades e enfrenta os desafios de cabeça erguida.

Trata-se de uma filosofia de vida adotada por empreendedores de sucesso.

Esperar o momento ideal para desenvolver um projeto nem sempre é possível.

Na verdade, quase nunca o ambiente é totalmente propício. 

Então, o que você faz quando o cenário é conturbado? Chora ou vende lenços?

Se você escolher chorar, infelizmente, não há nada o que eu possa fazer.

Mas, se você decide vender lenços, eu posso ajudá-lo a identificar as oportunidades de negócio em meio a crises. 

Para começar, recomendo a leitura deste artigo até o final. 

Enquanto Uns Choram Outros Vendem Lenços – Um Lema de Vida

Enquanto Uns Choram Outros Vendem Lenços lema de vida

Essa frase pode ser adotada como filosofia de vida de quem tem o desejo de se tornar empreendedor, pois reflete o comportamento ideal a se ter perante os desafios que são impostos todos os dias, principalmente numa crise epidêmica. 

Nos tempos atuais, a maioria das empresas foram impactadas pela crise financeira. 

Além disso, os problemas que sempre existiram estão aí do mesmo jeito: as barreiras de entrada de mercado, a concorrência, enfim um amplo leque de dificuldades. 

Toda a equação gira em torno de uma única questão: como reagimos a essa crise, como podemos ressignificar essa situação ao nosso favor e o principal, como criar oportunidades através dessa crise. 

A verdade é que os problemas sempre existirão, a questão-chave é de que maneira encará-los e lidar com eles. 

Quem passa a maior parte do tempo reclamando e terceirizando a culpa perde a chance de identificar potenciais oportunidades de crescer e inovar. 

Se pararmos para pensar em grandes negócios da atualidade daremos conta de que os empresários por trás dessas ideias precisaram vencer diversas incertezas até alcançar o patamar em que se encontram atualmente. 

Esses empreendedores superaram várias barreiras e crises para chegarem onde estão.

Em vez de reclamar e murmurar sobre a situação. 

Podemos aproveitar a crise para estudar sobre as tendências de mercado e as novidades que surgiram. 

Numa simples busca na internet podemos ver o quanto a utilização das ferramentas de videoconferência e e-commerce estão em alta no mundo. 

Além disso, o setor alimentício não mostra declínio, e o delivery só aumentou. 

Então, é mais válido focar na solução, isto é, pensar de que maneira resolver ou iniciar uma nova situação que seja mais interessante para o seu negócio. 

É preciso ter Inteligência Emocional

Enquanto Uns Choram Outros Vendem Lenços e preciso ter inteligência emocional

Adotar a postura de vender lenços ao invés de chorar é uma forma de desenvolver a sua inteligência emocional, pensar de maneira equilibrada a respeito dos problemas buscando soluções e não se concentrar em sentir pena de si mesmo. 

Para que fique mais claro como essa lógica funciona, vou usar um exemplo, quando temos uma lista grande de tarefas para cumprir num espaço curto de tempo não adianta ficar lamentando, a atitude mais inteligente a tomar é se planejar de maneira que seja possível realizar tudo ou o máximo que for possível. 

E isso é uma mudança que começa na nossa mente, de dentro pra fora. 

A diferença crucial entre os realizadores e os não-realizadores que ficam no caminho é a decisão de se esforçar para resolver a questão ao invés de passar longas horas se desculpando. 

Quem opta por vender lenços deve ter em mente que será complicado em várias ocasiões, esse é o caminho mais difícil, porém, é também o que oferece melhores e mais sólidos resultados.

Fale Com Você Mesmo

Enquanto Uns Choram Outros Vendem Lenços fale com você mesmo

Você pode achar que o que estou falando é muito fácil de colocar em prática, mas eu sei que não é. 

Requer muito sacrifício e resiliência empresarial para ser o “vendedor de lenço”. 

Nesses momentos o melhor é desenvolver a técnica da comunicação intrapessoal, o bom e velho conversar consigo mesmo. 

Em cada momento que achar difícil resolver um problema ou que não conseguirá vencer um desafio vale a pena parar e dizer a si mesmo que essa não é a melhor maneira de reagir. 

Sempre focando em você!

Reverta os pensamentos negativos que estão entranhados dentro de si e passe a trabalhar com uma série de oportunidades. 

A pessoa que disse que cada problema é na verdade uma oportunidade de realizar algo incrível camuflada tinha toda razão. 

A grande questão do universo corporativo está no fato de que são poucas as pessoas que têm essa linha de pensamento. 

E essa conclusão é um exemplo do que estou dizendo, pois num cenário em que poucos têm a percepção vencedora ser o indivíduo esclarecido vale ouro.

Como identificar oportunidades de negócio em meio a crises?

Enquanto Uns Choram Outros Vendem Lenços como identificar oportunidades de negocio em meio a crises

Enxergar as oportunidades de negócio em meio a crises é como usar óculos escuros em ambiente fechado.

Isto é, fica um pouco mais difícil de ver do que o normal. Mas, se fizer um esforço, é possível.

Por isso, tenha em mente que não há outro jeito senão se dedicar e ter comprometimento. 

Você está disposto?

Então, acompanhe a seguir as orientações do que você deve fazer:

Estude o mercado

Parece uma dica óbvia, mas não se engane: o estudo de mercado é subestimado por muitos profissionais.

Agora, pense comigo: como é que você vai identificar as oportunidades e tomar as melhores decisões se não pesquisar?

Não é porque alguém te diz que um setor ou modelo de negócio é promissor que realmente é.

Você precisa ir fundo na sua investigação para determinar se algo vale mesmo a pena. 

Entenda as necessidades de seus clientes

Você já deve ter ouvido falar sobre a indústria 4.0, certo?

Essa nova era dos negócios é marcada pela tecnologia, mas também tem outra característica dominante: o cliente no centro de tudo. 

Basta olhar à sua volta para perceber o que empresas como Uber, iFood e AirBnB, dentre outras que têm se destacado, compartilham.

Todas elas identificaram e solucionaram problemas e necessidades dos consumidores. 

Isso vale, inclusive, para a contabilidade 4.0.

Avalie os riscos

Todo tipo de negócio tem riscos.

Uns têm mais do que outros.

Em qualquer caso, é fundamental fazer uma avaliação das ameaças. E não é uma análise superficial, ok?

É preciso se dedicar à reflexão dos riscos fiscais, operacionais, estratégicos, financeiros e cibernéticos, além de levantar os prováveis impactos à empresa caso eles se tornem reais. 

Analise tendências de mercado

Ninguém pode prever o que vai acontecer nos próximos anos.

Entretanto, a análise do passado ajuda a traçar os possíveis caminhos para o futuro.

Ou seja, os negócios potenciais.

Ficar de olho nessas tendências é essencial para apostar em empreendimentos promissores. 

A Inteligência Artificial e o Big Data, por exemplo, são tecnologias que vêm com tudo. 

Acompanhe novos hábitos e costumes

Além das tendências de mercado, há também as tendências de comportamento.

Hoje, por exemplo, o celular é quase uma extensão do nosso corpo, não é mesmo?

A gente usa o aparelho para comprar comida, pedir transporte, pagar contas e realizar tantos outros serviços.

A tendência é que a gente continue usando o aparelho para demais atividades.

Observar esses tipos de hábitos e costumes da sociedade ajuda a direcionar as ações de negócio. 

Mapeie os seus concorrentes

Quando você tiver um mercado em mente, é hora de partir para o estudo dos concorrentes.

Isso inclui não só os diretos, mas também os indiretos.

Ou seja, todas as empresas que, de alguma forma, atingem o seu público-alvo.

Avalie como elas se portam no mercado, quais são as ações realizadas e os produtos e serviços comercializados.

Tente posicionar o seu negócio entre elas e identifique o seu diferencial competitivo. 

Converse com outros empresários 

Se você ainda não é um empreendedor, conversar com alguns empresários pode ser ótimo para tomar um banho de realidade.

Não com o intuito de desmotivar, mas, sim, de ficar a par dos desafios que irá encontrar pelo caminho. 

O ideal, inclusive, é que você tenha essa troca com profissionais do mesmo ramo.

Nesses bate papos podem surgir boas ideias.

Certifique-se de que o negócio é financeiramente viável

Na fase de estudo do mercado e de análise de riscos, é provável que você faça o levantamento do investimento necessário.

Você deve ter dinheiro para custear as despesas iniciais ou ter uma noção de quanto será preciso captar com investidores.

Em todos os casos, o seu negócio precisará se sustentar, certo?

Certifique-se, portanto, de que é ele é financeiramente viável. 

Forme alianças estratégicas

Ter um sócio é uma forma de dividir responsabilidades e fazer o negócio decolar mais rápido.

Se você identificou uma oportunidade, mas sente que precisa somar esforços, essa pode ser uma alternativa valiosa.

Mas a sociedade não é o único jeito.

Construir parcerias estratégicas também é muito útil para o seu negócio.

Você pode ter outras empresas que ajudam a viabilizar o seu empreendimento. 

Torne seu negócio escalável

Um negócio escalável é um negócio capaz de aumentar o seu faturamento sem precisar aumentar as despesas na mesma proporção.

Acontece, por exemplo, com empresas que conseguem distribuir seus serviços em larga escala, mas com custo baixo. 

Imagine um escritório de contabilidade localizado em uma cidadezinha que só atende clientes de forma física. 

Com a implementação de um sistema que centraliza as informações, por exemplo, é possível manter contadores em diferentes regiões e ampliar o atendimento para demais localidades. 

Assim, com pouca despesa, o lucro pode ser bem maior. 

Você Pode Deixar de Chorar e Se Tornar o Vendedor de Lenços

Enquanto Uns Choram Outros Vendem Lenços você pode deixar se tornar vendedor

Você que chegou até aqui e está cheio de vontade de colocar tudo em prática. 

Mas vamos com calma, a dica é estudar e planejar muito bem tudo o que vai fazer de agora em diante. 

Se sua empresa está muito prejudicada, tente reinventar-se embasando-se nas tendências de mercado, pesquise, estude e planeje uma nova venda e uma nova tática. 

Todo dia ao nos levantarmos da cama estamos nos predispondo a nos depararmos com pedras no caminho. 

Passar a recolher essas pedras para construir uma estrada é a melhor maneira de sair do lugar em que se está, não ficando estagnado. 

Somente ao pensar dessa forma, você já está se diferenciando dos seus concorrentes e está pronto para se consolidar num lugar próprio no mercado. 

Nossos pensamentos têm grande poder sobre os nossos sucessos ou fracassos, se nos focamos nas dificuldades invariavelmente teremos grandes questões para resolver, diferentemente de se nos focarmos nas possibilidades de criar algo inovador.

Uma dica que deixo é a de prestar atenção às coisas que você diz em seu dia a dia, ao perceber que está de alguma forma transferindo a culpa que de alguma maneira pertence a você para outra pessoa pare e mude seu discurso. 

Assuma suas responsabilidades lembrando que enquanto uns choram outros vendem lenços e criam oportunidades sem igual para suas vidas.

Conclusão

Embora tenha relação com perfil, identificar oportunidades em meio a crises não é só um estilo de comportamento.

Há razões muito lógicas para isso.

Primeiro que, como eu disse no começo no artigo, o cenário nunca é 100% favorável.

Se você ficar esperando a perfeição, nunca vai empreender.

É claro que existem fases de recessão econômica que tornam o ambiente menos propício. 

Mas é justamente nesses casos que surgem demandas por novos serviços e produtos

Além disso, a concorrência costuma ser menor, já que nem todo mundo tem coragem de enfrentar os momentos conturbados. 

Bem, só sei que eu vendo lenços. E você, faz o quê?

Espero que depois de conhecer o significado do lema “Enquanto uns choram outros vendem lenços”, você também faça parte do meu time.

Faça sua inscrição no meu curso Como tornar a contabilidade um negócio extremamente lucrativo para ser o próximo contador de sucesso.

Márcio Bento

Contador, CEO da Patrimonium Contabilidade, fundada em 2011. Já atendeu mais de 1.000 clientes em 23 estados, com 15 anos de experiência na área.

Criado e desenvolvido por Olah Comunicação Digital.