Empreendedorismo Contábil: começando do zero com 7 dicas

O empreendedorismo contábil é um passo desejado na vida profissional do contador que busca o sucesso.

Como empreendedor experiente, eu afirmo que abrir seu próprio negócio tende a ser fundamental para ter lucros maiores com a profissão e se destacar no mercado.

Mas é claro que não é uma tarefa tão simples, pois você terá que superar vários desafios para conquistar clientes e se posicionar em uma área tão competitiva.

Neste texto, vou ajudar você com dicas de empreendedorismo contábil baseadas na minha trajetória.

Leia até o fim e se sinta melhor preparado para embarcar nessa jornada. 

O que é o empreendedorismo contábil?

O empreendedorismo contábil pode ser definido como a iniciativa e capacidade de abrir um novo negócio no mercado de contabilidade.

Hoje, existem basicamente três formas de atuar como contador: como funcionário (ou associado) de um escritório, como autônomo ou à frente do seu próprio negócio, que pode ser uma empresa individual ou uma sociedade.

Quando o contador não quer mais trabalhar para os outros e decide dar um passo além na carreira, o único caminho possível é empreender profissionalmente.

Para isso, ele precisa de um bom plano de negócio e de conhecimento em gestão para ter sucesso em um mercado altamente competitivo.

Para além da formalização da empresa, o empreendedorismo contábil também envolve uma visão apurada de negócios e a capacidade de enxergar oportunidades e solucionar problemas dos clientes de forma criativa. 

Afinal, empreender significa transformar boas ideias em negócios prósperos, e não apenas abrir um CNPJ. 

Qual objetivo do empreendedorismo na área contábil?  

O objetivo do empreendedorismo contábil é criar negócios que solucionem os problemas das empresas e inovem na prestação de serviços em contabilidade.

Na minha visão, ser um contador empreendedor significa gerar valor para clientes e lucrar com isso, desenvolvendo seu modelo de negócio a partir das necessidades das organizações.

Quando um profissional é bem-sucedido na criação de uma empresa contábil, ele deixa de ser apenas um especialista em contabilidade e se torna também um gestor e líder, unindo o conhecimento em Ciências Contábeis à visão estratégica do mundo corporativo. 

Dessa forma, os contadores que estão à frente de seus próprios escritórios conseguem desenvolver estratégias únicas e atender bem diferentes públicos, tornando o mercado mais diversificado e eficiente. 

Logo, podemos dizer que o empreendedorismo na área contábil tem o papel de aumentar a competitividade, evoluir os serviços prestados e criar novas oportunidades de negócio para empresas e contadores. 

Por que investir em empreendedorismo contábil? 

Por que investir em empreendedorismo contábil

Digo por experiência própria que o empreendedorismo contábil é o caminho mais lucrativo para o contador.

Hoje, existem mais de 73 mil empresas contábeis ativas no Brasil e mais de 500 mil contadores registrados, segundo dados do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) apurados em dezembro de 2020. 

Observando o levantamento do CFC, notei que o número de empresas contábeis em janeiro de 2020 era de pouco mais de 62 mil.

Ou seja: foram abertos mais de 10 mil escritórios de contabilidade em 12 meses.

Considerando o contexto de pandemia global, é um número bastante expressivo, que mostra claramente o crescimento do empreendedorismo contábil mesmo em tempos de crise.

Aliás, muitos contadores enxergaram justamente na crise a oportunidade para empreender, conquistar sua independência e aumentar seus ganhos. 

Se pararmos para pensar, é fácil concluir que vale mais a pena investir na abertura de empresa do que ser funcionário ou autônomo, pelos seguintes motivos:

  • O potencial de ganhos é muito maior
  • Você pode definir suas estratégias e mirar nos segmentos em que é especializado
  • A formalização abre portas para atender clientes maiores
  • Você pode ter sua própria marca e criar sua reputação no mercado
  • Há espaço para inovação e atendimento a novos nichos.

Principais desafios do empreendedorismo na área de contabilidade

desafios do empreendedorismo na área de contabilidade

O empreendedorismo na contabilidade é repleto de desafios, como em qualquer área de negócios.

Listo os principais abaixo:

  • Se destacar da concorrência em um mercado competitivo
  • Garantir a expertise necessária da equipe para atender às demandas contábeis e se manter atualizado sobre as mudanças na legislação
  • Organizar a logística da informação contábil para atender clientes com agilidade e eficiência
  • Construir uma marca do zero e captar clientes
  • Desenvolver uma comunicação interna efetiva
  • Escolher os segmentos-alvo certos e investir em estratégias de marketing
  • Adotar as ferramentas e tecnologias mais modernas
  • Inovar na prestação de serviços para atender às exigências dos clientes atuais
  • Ir além dos serviços básicos e atuar como parceiro estratégico das empresas, com foco na fidelização de clientes.

Empreendedorismo contábil: 7 dicas para começar do zero

Empreendedorismo contábil dicas para começar do zero

Se você não sabe por onde começar no empreendedorismo contábil, tenho algumas dicas importantes.

Acompanhe:

Tenha confiança em seu trabalho

O primeiro passo para ter sucesso no empreendedorismo contábil é confiar no seu trabalho e na sua capacidade de comandar um negócio.

Se você tem domínio das funções de contabilidade e sabe como atender e encantar seus clientes, terá ainda mais oportunidades de aplicar esse conhecimento à frente do seu próprio escritório.

É mais difícil do que trabalhar sozinho? Claro que sim, mas vale cada minuto e centavo investido.  

Crie uma rede de relacionamentos

Todo empreendedor contábil precisa criar sua rede de contatos para conseguir clientes e construir sua reputação no mercado.

É o famoso networking, que pode gerar indicações valiosas para a sua empresa e render parcerias importantes com outros empresários do ramo. 

Na contabilidade, onde muitos clientes chegam por indicação, é ainda mais importante cultivar boas relações e ter um nome relevante no seu segmento de atuação.  

Para impulsionar seu networking, você pode participar de eventos ou promovê-los, ser ativo em redes sociais como o LinkedIn e estar sempre aberto a novas parcerias. 

Conheça as leis

O empreendedor contábil precisa dominar as leis brasileiras e estar pronto para responder qualquer pergunta sobre as mudanças recentes em normas que gerem impacto no seu trabalho.

Por isso, você deve estar sempre atualizado, treinar e motivar sua equipe para manter os clientes muito bem informados. 

Esse é um diferencial importante, pois todo empresário quer que sua contabilidade avise sobre as alterações na legislação e ofereça apoio na adequação às novas normas. 

Ofereça soluções inteligentes 

Começar no empreendedorismo contábil apenas com um pacote básico de serviços não é o melhor caminho para construir vantagem competitiva. 

Para se destacar entre tantos escritórios, você terá que oferecer soluções inteligentes aos seus clientes, que realmente solucionem os problemas que as empresas enfrentam.

Falo de serviços pensados sob medida, como pacotes específicos para determinados segmentos, serviços de consultoria e apoio estratégico à tomada de decisão, planejamento tributário, entre outros. 

Além disso, é importante investir em tecnologia para oferecer mais agilidade aos clientes, priorizando o compartilhamento de documentos digitais e comunicação online, por exemplo. 

Liste seus clientes em potencial

Antes de empreender na contabilidade, você precisa ter uma lista completa dos seus clientes em potencial.

Na hora de selecionar as empresas, priorize os segmentos com os quais você tem mais experiência e para os quais pode agregar maior valor com seus serviços. 

Particularmente, eu sempre oriento os contadores a escolherem seu público-alvo com muito cuidado, pois de nada adianta ter excelentes serviços se você mirar nos clientes errados. 

Então, se você já trabalhou com escritórios de advocacia, agências de marketing e clínicas médicas, por exemplo, pode listar empresas desses segmentos e já ir pensando em pacotes de serviços específicos para as necessidades de cada um. 

Estude o mercado de seu cliente

Além de mirar nos clientes certos, você também precisa conhecer o mercado dessas empresas tão bem (ou melhor) do que elas. 

Por exemplo, se você atende um escritório de advocacia, deve ficar atento aos movimentos do mercado jurídico para prestar uma consultoria mais eficiente e apoiar o crescimento do negócio.

Esse conhecimento é altamente valorizado pelos empresários, que esperam do contador orientações mais precisas para auxiliar na sua gestão. 

Hoje, especialmente, está em alta a figura do contador consultor, que vai muito além das tarefas burocráticas e dá todo o suporte à tomada de decisão do seu cliente.

Invista em um software

Para terminar, não posso deixar de falar sobre a importância de um bom sistema contábil para gerenciar seu escritório e se conectar aos seus clientes.

Graças à tecnologia, a contabilidade se tornou mais ágil e os tempos de papelada ficaram para trás, dando lugar a serviços mais eficientes, comunicação online e troca de informações em tempo real.

Por isso, é fundamental que você invista em uma plataforma online ou software próprio para organizar os dados dos clientes, automatizar tarefas do dia a dia e aumentar a produtividade da equipe. 

Como podemos te ajudar a ter sucesso no empreendedorismo contábil

sucesso no empreendedorismo contábil

De empreendedorismo contábil eu entendo, e resolvi compartilhar toda essa experiência com você no curso “Como tornar a Contabilidade um negócio extremamente lucrativo” da Patrimonium Thinking.

As aulas online possuem conteúdo de qualidade e uma metodologia única para ajudar você a ter sucesso nos negócios contábeis.

Você vai aprender a alcançar suas metas e a de seus clientes, gerenciar dificuldades e se tornar um parceiro estratégico de alto valor para as empresas atendidas.

Assim, você terá um guia confiável para seguir na jornada de contador empreendedor, com várias dicas para superar mais facilmente os desafios. 

Conclusão

Com este texto, procurei ajudar você a iniciar no empreendedorismo contábil, tão necessário à vida profissional do contador.

Depois de entender melhor os propósitos e desafios de abrir um escritório de contabilidade, você pode começar a tirar sua ideia do papel e colocar em prática.

E então, se sente mais preparado para se tornar um empreendedor? Lembre que a Patrimonium Thinking está aqui para ajudar você a alcançar o sucesso.

Márcio Bento

Contador, CEO da Patrimonium Contabilidade, fundada em 2011. Já atendeu mais de 1.000 clientes em 23 estados, com 15 anos de experiência na área.

Criado e desenvolvido por Olah Comunicação Digital.