Como ser um líder: dicas para desenvolver sua liderança

como ser um bom líder

Saber como ser um bom líder é uma das grandes vantagens competitivas dos verdadeiros empreendedores.

Estar à frente de equipes produtivas, ser admirado e respeitado são objetivos em comum de todo gestor – e não é diferente para quem comanda um escritório contábil.

A boa notícia é que essa é uma habilidades que pode ser desenvolvida.

É o que você vai ver a partir de agora.

Reunimos neste artigo conceitos, dicas e etapas para para que você compreenda como ser um bom líder e fazer da liderança um hábito de sucesso

Acompanhe!

O que é ser um líder?

Ser líder está relacionado à capacidade de liderar, gerenciar e coordenar a equipe. 

Uma boa liderança, executada com maestria, consegue motivar e direcionar as pessoas sob sua responsabilidade até que os resultados apareçam.

Assim, o líder é capaz de estabelecer objetivos claros, traçar estratégias e motivar a equipe, conduzindo o time ao alcance das metas

Mas, além disso, ele também sabe o momento adequado para realinhar rotas, mudar planos e realocar recursos – tudo isso a fim de encontrar bons resultados.

Qual a diferença entre chefe e um líder?

É interessante observar que estamos falando sobre conceitos diferentes.

Um chefe não necessariamente será um líder, assim como exercer a liderança independe de ocupar cargos de chefia.

De modo geral, a visão do “chefe” nos remete a uma forma ultrapassada de liderar. 

Indica alguém mais preocupado com a própria posição de gerência ou nível estratégico do que, de fato, com o resultado do negócio.

Assim, a diferença entre o chefe e o líder está principalmente na maneira como se relacionam com o poder do qual dispõem. 

Em linhas gerais, o chefe comanda para que tudo seja feito como ele espera, enquanto o líder direciona o trabalho de acordo com os propósitos do negócio.

Qual é o papel de um líder?

O principal papel da liderança é fazer com que os liderados trabalhem favoravelmente para que o resultado seja alcançado.

Ou seja, implica oferecer as condições necessárias para que o time se mantenha produtivo e motivado, com foco nos objetivos da empresa.

Para isso, é necessário que haja planejamento, coordenação, execução e acompanhamento das tarefas. 

O líder, então, deve ter uma visão sistêmica sobre a estratégia, tática e operacionalização das atividades.

Conheça os 5 tipos de liderança

tipos de liderança

A liderança não se resume a apenas um único comportamento.

Para cada situação, equipe e objetivos, pode ser necessário se posicionar como um líder diferente.

Inclusive, você pode encontrar referências sobre mais de uma dezena de estilos de liderança.

A seguir, apontamos detalhes sobre os cinco principais:

Democrática

O líder democrático dá espaço para que os liderados opinem e construam, juntos, procedimentos e tarefas. 

É um tipo indicado para equipes qualificadas e motivadas.

Liberal

A liderança liberal exerce pouca ou quase nenhuma intervenção no trabalho dos subordinados. 

A recomendação é que seja utilizada com liderados muito motivados e independentes.

Paternalista

Ao contrário do liberal, o estilo do líder paternalista limita a autonomia da equipe, tomando as decisões e direcionamentos para si. 

O formato é usado com melhor resultado em equipes inexperientes e que enfrentam baixa motivação pelo trabalho.

Autocrática

A liderança desse estilo é impositiva e inflexível, sendo indicada para situações extremas ou envolvendo liderados pouco motivados.

Situacional

O líder situacional é aquele que consegue utilizar o melhor de cada um dos tipos de liderança de acordo com o momento da equipe ou do trabalho.

Afinal, existe um melhor estilo de liderança?

estilo de liderança

Embora cada um dos tipos de liderança tenha seus prós e contras e possa ser aplicado em situações específicas, a resposta que procura precisa estar alinhada à sua realidade.

O melhor líder é aquele que consegue identificar a liderança ideal para os seus comandados e a aplica com êxito.

Essa não é uma tarefa simples, mas é preciso analisar a equipe, compreender os mecanismos de motivação e, então, aplicar a liderança que se mostre como a mais adequada.

Por exemplo, se os envolvidos no projeto têm dificuldades em executar suas tarefas, a liderança liberal não vai colaborar para o alcance dos resultados

Nesse caso, a paternalista ou, até mesmo, a autocrática pode ser mais efetiva.

Esse cenário nos ajuda a entender por que a liderança situacional vem despertando cada vez mais a atenção dos gestores de empresas.

Afinal, ela tem como característica principal uma habilidade bastante exigida atualmente: a adaptabilidade.

Como ser um líder: 3 principais características para uma liderança de sucesso

Com tudo o que vimos até aqui, você já sabe o que é preciso para ser um bom líder? 

Essa não é uma resposta simples, mas trouxemos algumas características inerentes à liderança de resultado. 

Confira atitudes e comportamentos de um líder:

1. Ser o exemplo

O líder não precisa saber, necessariamente, todos os detalhes técnicos e operacionais do projeto ou negócio. 

No entanto, ele deve ser o exemplo comportamental a ser seguido por toda a equipe.

Por isso, suas atitudes devem ser de proatividade, comprometimento e responsabilidade com o resultado do trabalho. 

Assim, ele irá inspirar os liderados a trabalharem da mesma forma.

2. Conhecer o talento individual de cada um do time

O olhar sistêmico do líder está em compreender o projeto de forma ampla, entender as necessidades e quais recursos utilizar.

Dessa forma, a liderança precisa reconhecer as demandas do trabalho e como cada pessoa pode atuar para o bom resultado do negócio.

Então, o bom líder conhece sua equipe e a aloca adequadamente na execução do projeto.

3. Reconhecer os limites de cada um na equipe

Da mesma maneira, o líder entende quais são os pontos fracos de seus liderados, administrando cuidadosamente os subordinados.

Se um dos profissionais tem problemas com trabalho sob pressão, por exemplo, a liderança pode atuar com prazos maiores para esse liderado.

Líder de sucesso: talento nato ou aptidão adquirida com o tempo

líder de sucesso

É claro que algumas pessoas possuem características com maior naturalidade. 

A liderança é uma das aptidões que pode surgir desde cedo em certos indivíduos.

Mas isso não quer dizer que ela não possa ser desenvolvida ao longo da vida. 

Mesmo aqueles que a possuem de forma natural, podem e devem desenvolver ou aprimorar a liderança.

Assim, a dica final é que desperte o líder que há em você.

Utilize as recomendações deste texto e faça dele o ponto de partida para investir na sua capacidade de liderança.

Conclusão

Ser um bom líder não é tarefa das mais simples, não é verdade? 

Porém, a habilidade pode ser aprendida e desenvolvida, trazendo ainda mais resultados positivos para seu escritório contábil.

Quer ter mais dicas como essa? 

Visite o site da Patrimonium Thinking e conheça o curso Como tornar a Contabilidade um negócio extremamente lucrativo.

Márcio Bento

Contador, CEO da Patrimonium Contabilidade, fundada em 2011. Já atendeu mais de 1.000 clientes em 23 estados, com 15 anos de experiência na área.

Criado e desenvolvido por Olah Comunicação Digital.